BANDA DA SEMANA: Friendly Fires

01_2048

curtindo o carnaval adoidado

Ois! Hoje temos uma banda ritmoooo, ritmo de festa, alto astral, fogos amigáveis, pra te deixar no clima carnavalesco lindo de viver se por ventura você ainda não estiver 😀

FRIENDLY FIRES é uma banda inglesa, formada em 2006, de indietronica / dance punk /  disco e techno… mas também tem umas pegadas de… samba! sim!! Como você pode ver aqui.

O primeiro álbum deles, que tem o mesmo nome da banda, foi lançado em 2008. E só em 2011 veio o segundo, chamado Pala.

Eles estiveram aqui no Brasil, no Loollapalooza, em 2012, mas eu obviamente não fui, porque nunca tenho dinheiro pra essas coisas 😦

A banda tem vários clipes interessantes, vale a pena dar uma conferida – mas por aqui deixo o da música Hurting.

Ladies and Gentlemen, com vocês, FRIENDLY FIRES:

 

Um ótimo feriadão e até a próxima banda!

Banda da Semana: THE 2 BEARS

2-bears-raf-rundell-left-007

Tô aqui morta de preguiça mas vi que o blog teve visitas nesse fim de semana, mesmo sem eu ter postado nada, então vou ter a decência de postar hoje, né. É que não deu mesmo, foi corridão, sorry 😦

THE 2 BEARS é um dueto britânico formado por Joe Goddard (integrante do Hot Chip, e Hot Chip é vida!) e Raf Rundell, em 2009. O som é definido como Indietronica, house, dance, alternative dance e eles têm 2 álbuns, o Be Strong, de 2012 e o The Night is Young, de 2014.

E não vou dizer mais nada, porque tudo que vocês precisam é desse clipe fabuloso aí.

Ladies and Gentlemen, com vocês, THE 2 BEARS:

 

Até a próxima banda!

 

Banda da Semana: HOORAY FOR EARTH

hooray-for-earth-by-jonny-leather

Boa noite!
HOORAY FOR EARTH é uma banda norte-americana de rock experimental, surgida em 2005.
A Discografia deles até agora é essa:

Hooray for Earth, de 2006
Cellphone, de 2008
True Loves, de 2011
e Racy, de 2014

Acontece, que essa é uma banda para ouvir e amar apenas, não há muito o que dizer sobre, rs.

O clipe que deixo aqui é de um dos hits deles.  Mas mesmo com um som sensacional desses, eles não fazem muito sucesso 😦

Talvez esse seja um dos clipes mais doidos/nonsense que já vi, mesmo assim, acho ele lindão. E tem umas referências à Planeta dos Macacos aí, pode ver.

Ladies and Gentlemen, com vocês, HOORAY FOR EARTH:

(ARRE, QUE MÚSICA LINDA, VÃO SE F*)

Até a próxima banda!

 

Banda da Semana: THE SHINS

the-shins

Boa tarde!

Não rolou o post ontem mas hoje tem!
THE SHINS é uma banda norte-americana que até é bem conhecida, mas ainda precisa ser mais. Sua música é descrita como indie pop, com influências de rock e folk. É mais uma dessas bandas que estou conhecendo agora mesmo, portanto não sei muito o que dizer. Eu até já tinha ouvido as músicas mais famosas deles há uns tempos, mas só agora parei pra ouvir com atenção realmente. E desde então, é só amor, estou adorando todas as músicas, é muito fácil viciar neles.

Eles são de 1997, mas só começaram a fazer sucesso alguns anos depois. Tem músicas deles num filme chamado Garden State, que ainda não vi, e no filme do Bob Esponja 🙂
Tô escrevendo aqui e pensando: “Acho que todo mundo já conhece altos essa banda, só eu que to atrasada aqui”, rs. Mas pode ser que não né, então…

A banda têm 5 álbuns de estúdio:

When you land here, it’s time to return, de 1997 (aqui eles ainda se chamavam Flake Music);

Oh, inverted world, de 2001;

Chutes too narrow, de 2003;

Wincing the night away, de 2007 e

Port of Morrow, de 2012.

Então é isso. Pra quem não conhece esse amorzin de banda ainda, fica a dica, não sejam que nem eu, vão conhecer logo!

Ladies and Gentlemen, com vocês, THE SHINS:

 

Até a próxima banda!

Banda da Semana: The Radio Dept.

int_theradiodept

Buenas tardes,

Ou melhor, “god eftermiddag”, porque a banda de hoje é da Suécia, hue…
Esse é o THE RADIO DEPT., uma banda de indie pop / shoegaze que nasceu em 1995, passou por um hiato e voltou em 1998, pra ficar.

Conheci eles pelo filme maravilindo da Maria Antonieta, de Sofia Coppola. Aliás, a trilha sonora desse filme é toda fodástica.

Na discografia deles temos 3 álbuns de estúdio, o Lesser Matters, de 2003; o Pet Grief, de 2006 e o Clinging to a Scheme, de 2010.

As influências do THE RADIO DEPT. é só ouvir pra perceber: Pet Shop Boys, My Bloody Valentine, Cocteau Twins, Joy Division, Kraftwerk, entre outros…

A música que deixo aqui, Pulling our weight , é uma das faixas deles que estão no filme e que, pra mim, é a melhor 🙂

Ladies and Gentlemen, com vocês, THE RADIO DEPT.:

Até a próxima banda!

Banda da Semana: MAGIC WANDS

magic_wands_photo

Fériaaassss!!! Primeiro post de 2016!! uhuuull
Como tô de férias e também tô com a preguiça no nível mais alto que o ser humano possa ter, vou falar rapidão aqui sobre uma banda que tô conhecendo agora, chamada MAGIC WANDS.

Desde 2009, essa banda californiana faz seu som dreampop / lovewave e têm 3 álbuns: o EP Magic Love & Dreams, de 2009; o Aloha Moon, de 2012 e o Magick, de 2014. E vai ter disco novo esse ano! Yaaay

Acontece que não conheço muito bem eles ainda, mas já super quero recomendar só porque tem essa música, chamada Space, pela qual me apaixonei perdidamente por motivos de: me lembra muito The Cure <3.

Então simbora conhecer melhor as varinhas mágicas comigo, rs

Ladies and Gentlemen, com vocês, MAGIC WANDS:

Até a próxima banda!

10 álbuns de 2015

Olaarrrrrrrrrrr!!
FINALMENTE estamos na última semana de 2015! êêêêêê \o/
Mas acabar o ano sem uma lista de álbuns fantásticos que o maravilhoso mundo da música nos deu?? JAMAIS!

Serão 10 lindos disquinhos pra ninguém passar o fim de ano sem uma trilha sonora decente!

Simbora?

(A ordem que coloquei os álbuns não quer dizer muita coisa, rs)

1 – freedvdcover_blind-guardian-beyond-the-red-mirror-japan-front

Minha banda de metal mais amada não poderia ficar de fora: Blind Guardian, com o álbum Beyond the red mirror, que pode ser ouvido aqui: www.youtube.com/watch LINDEZA!! *-*
Só por esse álbum 2015 já valeu a pena.

2- steven_wilson_hand_cannot_erase_cover

Depois vem o deuso do prog, Steven Wilson, com o Hand. Cannot. Erase. E Steven jamais decepciona: www.youtube.com/watch

3 – of_montreal_-_aureate_gloom

Em terceiro, mas não menos importante, toda a loucurage de Of Montreal, com o Aureate Gloom. Muito ácido, muita psicodelia, muita ousadia: www.youtube.com/watch

4 – passion10

O grande amor da minha vida no indie sempre será Passion Pit. Acho essa banda a coisa mais linda, de uma ternura sem igual, e tem as músicas com as quais mais me identifico (depois de Smiths). E com o último álbum deles, o Kindred, não podia ser diferente: www.youtube.com/watch

5 –  awolnation_run_cov_3227249f

Tivemos Awolnation também – sobre quem já postei aqui no blog – com o Run: www.youtube.com/watch – tem cavalos na capa, precisa mais? Ok, as músicas são tão maravilhosas quanto 😛

6 – hot_chip_-_why_make_sense

HOT CHIP É VIDAAAA!!! Vou ter que me segurar aqui, se não vou escrever textão sobre o Hot Chip. Apenas fiquem com esse espetáculo de disco, o Why make sense? www.youtube.com/watch (tem algumas músicas indisponíveis =/ )

7 – syejwduralvx0b4opi8s

Grimes, rainha soberana, nos deu Art Angelsplayer.spotify.com/album

8 – mika-no-place-in-heaven-2015-album-cover

Mika, pra quem não sabe, é o Freddie Mercury do século 21. Como não amar? E Mika fez o inspirador No place in heaven em 2015. Merecia um lugar no céu sim. www.youtube.com/watch

9 – gl4crtg

Voltando pro metal, 2015 também foi o ano que Korpiklaani nos presenteou com Noita – nunca vou enjoar de folk metal, melhor antidepressivo que existe, serião: www.youtube.com/watch

10 – the_wombats_-_glitterbug_cover

Tô em fase de conhecer melhor The Wombats ainda, mas o som deles é daquele tipo de indie bem pegajoso e alto astral que adoro. Glitterbug é o terceiro disco deles e achei delicioso – creio que homenagearam Tears for Fears na música Headspace, que lindo: www.youtube.com/watch

E é isso.

Obrigada à tod@s que acompanharam meu blog até aqui, significou muito pra mim! ❤
E que em 2016 vocês não me abandonem e eu não abandone o blog! amém. xD

Um feliz 2016 com muito rock’n’roll pra nós!! Beijos mil!!

Banda da Semana: FRYARS

Olás. Hoje, ao mesmo tempo que tô aqui escrevendo tô conhecendo melhor o trabalho desse moço chamado Benjamin Garret, cujo nome artístico é FRYARS. Tô me apaixonando mais a cada música que ouço porque até então eu só conhecia “Cool like me”, que é a música do clipe que vou deixar aqui. E aí, baseada nisso, eu tinha uma ideia do som dele que estava totalmente errada, rs.

Li agora um artigo gringo que define ele como o “novo professor louco do pop”. Realmente não sei como classificar o estilo dele, mas na internet está como Art pop / Synthpop / Baroque pop. Acho que art pop se encaixa super bem. Ele é de Londres e está na ativa desde 2007. Além de ser cantor, também é compositor e produtor. E eu só queria compartilhar com vocês que fiquei conhecendo esse ser maravilhoso e talentosíssimo graças a minha queridíssima Lily Allen, porque ele participou da produção do último álbum dela, o Sheezus. ❤

As influências do FRYARS também são ótimas (tinham que ser né): David Bowie, Kraftwerk e The Strokes – Já ganhou meu coração, rs.

Os álbuns de estúdio dele são o Dark Young Hearts, de 2009 e o Power, de 2014.

Ladies and Gentlemen, com vocês, FRYARS:

 

Até a próxima banda!

 

 

Banda da Semana: FOXY SHAZAM

foxy-shazam

Buenas!
Sumi por um sábado mas cá estou eu novamente. Tem sido um verdadeiro desafio pra mim achar bandas que não sejam de synthpop ~que eu goste~ pra postar aqui… mas tô tentando! rs
Tem uma banda que conheci há pouco tempo, chamada FOXY SHAZAM que, pelo que eu entendi, não é lá muito conhecida – mas deveria ser. Por quê? Porque o vocalista, o Eric Nally, é um desses artistas que só surgem na Terra a cada 100 anos (?), é um divo, é um filhote de Freddy Mercury com Michael Jackson com Mick Jagger com ?? [insira algum outro famoso excêntrico aqui] – por aí. Depois, porque eles são muito criativos no que fazem e têm uma vibe incrível. Não tenho muitas palavras pra descrevê-los, é melhor ouvir mesmo.

Na discografia deles, temos 5 álbuns de estúdio: The Flamingo Trigger, de 2005. Introducing Foxy Shazam, de 2008. Foxy Shazam, de 2010. The Church of Rock and Roll, de 2012 e Gonzo, de 2014. Depois disso, a banda entrou num hiato. 😦

O som que eles fazem é aquele “samba do crioulo doido”: rock experimental, post-hardcore, glam rock, hard rock, com algumas coisas mais pop no meio. E tem umas músicas que são meio difíceis de ouvir, porque assim é o experimental né…
Mas eles são um espetáculo: o vocalista da banda de punk rock The Squids, Joey Spatafora, declarou que Foxy Shazam  é “a segunda maior banda de rock’n’roll de todos os tempos, atrás apenas dos Beatles”.

Ladies and Gentlemen, com vocês, FOXY SHAZAM:

Até a próxima banda!

Banda da Semana: PINEAPPLE THIEF

pineapple-thief-073-1024x612

Ladrões de abacaxi.

Boa tarde! Hoje decidi falar sobre alguma banda que não seja de synthpop, êêê \o/
Então, vasculhei meu vasto conhecimento em bandas (ahã Nina, senta lá) pra achar uma diferente e pouco conhecida pra postar aqui, e lembrei de uma, chamada PINEAPPLE THIEF, que é definida como indie também, mas do gênero rock progressivo. O prog é outro gênero do qual gosto muito, mas não conheço lá tantas bandas assim.

O PINEAPPLE THIEF começou em 1999, na Inglaterra, e segue até hoje. Seus álbuns de estúdio são:

 

Uau! Eu nem sabia que eles tinham tudo isso! Tenho que conhecê-los melhor, confesso.

Li por aí que eles são uma banda que funde como nenhuma outra o rock alternativo e o progressivo. Tanto, que quem é fã mesmo de prog, vai dizer que eles não são prog coisa nenhuma, mas isso é um tanto relativo…

O que importa é que o som que eles fazem é muito bom, tem qualidade, tem criatividade, tem influências de outras bandas sim, como Radiohead, Smashing Pumpkins, Porcupine Tree, Muse, Sonic Youth, mas tem sua própria identidade.

Descobri hoje também que eles têm vários clipes mas, infelizmente, da minha música preferida não tem 😦

Essa música é uma obra prima, tem quase 17 minutos de muito amor e magia. Então vou deixar ela aqui e os clipes vocês achem lá Youtube se quiserem, rs.

Ladies and Gentlemen, com vocês, PINEAPPLE THIEF:

Até a próxima banda!